ei freela! vai cobrar menos mesmo?

muito bacana este post que vi hoje de Laura Spencer. (dica @creativenerds)

ontem escrevi sobre um outro autor que falava em cobrar menos para trazer clientes. e não era só isso, falava sobre o quão importante é já começar a trabalhar com clientes. fazer coisas prá gente mesmo é relativamente tranquilo se comparado com fazer coisas para os outros. fiquei pensando na quantidade de vezes que o cliente muda de ideia e no quanto meus orçamentos hoje incluem esta cláusula de “tantas alterações”… a gente passa um tempão criando e programando e, muitas vezes, o “pequeno ajuste” solicitado nos obriga a praticamente jogar tudo fora… :) essa é a vida com o cliente, por isso é tão importante aprender, desde cedo, a lidar com esse desafio…

e hoje, olha só, li sobre as “vantagens” de se cobrar menos. a autora é contra. então vamos lá traduzir para mostrar um outro ponto de vista:

Nós discutimos valores com frequência porque valores são um tema crucial para freelancers. Quanto você cobra pelos seus serviços, em última análise, determina o quanto você pode ganhar como freelancer.

Ultimamente, tenho ouvido muita discussão sobre como freelancers precisam cobrar menos para conseguir mais negócios. Normalmente, a economia é citada como a razão pela qual os valores devem ser reduzidos.

Sabe de uma coisa? Eu não compro essa ideia. Eu não acho que a redução de valores seja uma boa jogada para um freelancer. Neste post, vou explicar porquê.

A questão errada
Abro este post perguntando se valores mais baixos significam mais clientes. Eu dei esse título a este post por uma razão. É que ouço muitas vezes essa frase quando as pessoas falam sobre a redução de valores.

No entanto, eu acho que é a pergunta errada para um freelancer fazer. A verdadeira pergunta deveria ser: abaixar o meu valor ajuda meu negócio a prosperar?

A resposta à primeira questão, sobre se baixos valores lhe rendem mais clientes poderia eventualmente ser “sim”. Mas, é uma questão falha porque, como freelancer, você tem uma quantidade limitada de tempo. A menos que você seja uma agência com uma equipe enorme que está disposta a trabalhar por amendoim (ou seja, salários baixos), provavelmente há um limite para quanto trabalho você pode realmente aceitar.

Um dos aspectos que faz com que a maioria dos freelancers sejam únicos é que eles podem dedicar mais tempo e dar mais atenção aos projetos que uma grande empresa é capaz. No entanto, eles só podem oferecer esse benefício aos seus clientes se eles estão cobrando um valor adequado para seus serviços.

Um olhar sobre a pergunta certa
[NT: o quão prejudicial pode ser trabalhar com valores baixos]

  • Se o seu equipamento se desgasta ou se torna obsoleto, não há fundos para substituí-lo
  • Suas habilidades podem ficar defasadas porque você não tem orçamento para investir em treinamento
  • Você vai trabalhar mais para ganhar o mesmo dinheiro e, como resultado, provavelmente cortar recursos destinados ao marketing
  • Se surgir uma emergência pessoal, não terá recursos para lidar com ela

Mas o trabalho não está entrando
[NT: pinta o desespero quando o trabalho não entra. a autora sugere dicas para esse momento.]

  • Separe uma parte de sua renda. [tenha sempre um $$ guardado]
  • Não interromper os esforços de marketing.
  • Tenha um projeto pessoal. [é uma forma de continuar trabalhando e estudando sem pirar]

Quando você quer dar um desconto para seu trabalho
[NT: casos legítimos para dar um desconto]

  • Você está oferecendo uma venda por tempo limitado
  • O cliente oferece uma assinatura (para escritores)
  • O cliente tem trazido novos clientes para você
  • O cliente deu um depoimento [daqueles que valem a pena]
  • O cliente está lhe oferecendo um contrato de longo prazo
  • O cliente concorda em reduzir a quantidade de trabalho necessária

e aê freela? vai mesmo cobrar menos?

bjs,
ana laura

Sobre

Autora, consultora Adobe, colaboradora do Escritório Brasil W3C, palestrante e instrutora. Áreas: Design Gráfico, Web e DPS.

Marcado com: ,
Publicado em Mercado
assinar newsletter

* campos obrigatórios

Últimos Tweets
  • webD+: Design Responsivo – para quem acha que é modinha… http://t.co/71HQKBcC 2 anos ago
  • Amei de paixão! Sir tim berners leena abertura dos jogos olímpicos!! 2 anos ago
  • webD+: Editor de código gratuito Adobe – Brackets http://t.co/cOJluvmJ 2 anos ago
  • webD+: Resultado do premio Todos@Web http://t.co/oWylctIt 3 anos ago
  • webD+: Tela sensível ao toque com botões de verdade http://t.co/JljT1Mty 3 anos ago

Follow Me on Twitter

Powered by Twitter Tools

Google ADS